Jesus está voltando!


Caro leitor, essa verdade ecoa em nossos ouvidos desde a época em que Jesus vivia neste mundo.  Antes mesmo do nosso Senhor Jesus morrer ele instruiu seus discípulos sobre os acontecimentos que precederiam a sua volta. Em Mateus 24.42 vemos a importância de estarmos vigilantes e preparados para não sermos pegos de surpresa no momento do arrebatamento.

 “vigiai, pois, porque não sabeis a que hora há de vir o vosso senhor”.
Mas do que estamos falando? Da segunda vinda de Cristo, do arrebatamento ou rapto da igreja. Segundo as Escrituras, a igreja será tirada da terra de forma gloriosa e repentina pelo nosso Senhor Jesus Cristo. Crentes de todos os cantos do planeta, de várias línguas e nações que entregaram a vida a Jesus que permanecerem fieis até aquele dia, receberão um corpo glorioso e encontrarão o Senhor nos ares.


1 Tessalonicenses 4:16-17 “ Por que o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjos, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro; depois, nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.”

Infelizmente no meio evangélico, pouco se fala sobre o maior evento que está por vir. Algumas “Igrejas Cristãs” evitam falar sobre o tema, talvez pelo assunto não agradar a todos. Preferem atrair os fiéis com sermões sobre prosperidade material, sucesso pessoal etc. Mercantilizam a palavra e vivem como se o bem estar terreno fosse a maior conquistas dos crentes. Em I aos Coríntios 15.19 o Apóstolo Paulo nos alerta “Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens.” A nossa expectativa não pode ser baseada apenas nesta vida.

A parábola das dez virgens exemplifica perfeitamente esse tipo de crente. Segundo o que diz a Bíblia em Mateus 25. 1-13 as dez virgens possuíam suas lâmpadas. As dez foram ao encontro do noivo, as dez adormeceram, todavia ao ouvirem “Aí vem o esposo! Sai-lhe ao encontro! Todas as virgens se levantaram e se prepararam, mas pra surpresa das cinco loucas, elas não possuíam azeite em suas lâmpadas, o que foi determinante para sua derrota e tristeza.

 Assim também são os crentes que vivem envolvidos com este mundo. Estão na igreja, conhecem a verdade, tem a oportunidade de experimentar uma verdadeira comunhão com Deus, mas se iludem com a vida terrena, vacilam em dois pensamentos. Deixam de acumular azeite, que é o Espírito Santo de Deus. É o Espírito Santo que nos ajuda a permanecer vigilantes, que nos guia e nos faz seguir em frente apesar das adversidades.

João 16. 13 “Mas, quando vier aquele Espírito da verdade, ele vos guiará em toda a verdade, porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo que tiver ouvido e vos anunciará o que há de vir.”
 Falar do arrebatamento é confrontar o sistema mundano. É mostrar que nossa esperança não está em possuir bens, fama, poder, dinheiro. Nossa esperança está em ter o nome escrito no livro da vida e desfrutar de uma eternidade com Deus.Veja o que diz Apocalipse 3.5

“o que vencer será vestido de vestes brancas, e de maneira nenhuma riscarei o seu nome do livro da vida; e confessarei o seu nome diante do Pai e diante dos seus anjos.”
Chegará o momento do toque da ultima trombeta. Os que estiverem preparados serão levados num abrir e fechar de olhos. E os que estão despreocupados, achando que viver no mundo é muito bom, serão surpreendidos com o rapto da igreja.

Para o crente fiel o arrebatamento é fato glorioso, onde vamos desfrutar das promessas do Senhor Jesus. É o ápice da vitória do crente! Todo sofrimento que porventura alguém venha sofrer aqui por amor a Cristo, não se compara com a glória e satisfação em estar na presença de Jesus na cidade celestial.

 Aleluia! Ora vem Senhor Jesus! Amém.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

-- OBRIGADA PELA VISITA, DEIXE SEU COMENTÁRIO.
-- SE FOR REBLOGAR DÊ OS DEVIDOS CRÉDITOS.
-- SE GOSTOU DO BLOG SIGA-O (É SÓ ENTRAR COM A CONTA DO GMAIL)
-- SIGA O BLOG TAMBÉM NO TWITTER E NA FANPAGE.
-- AJUDE A DIVULGAR A MENSAGEM DO EVANGELHO.

UM ABRAÇO FIQUEM COM DEUS;