Muitas coisas não tem explicação nesse mundo.

Damaris Dutra é formada em Direito, mestranda em Teologia pela EST -RS
e proprietária da Revista Cristãvip


A gente não pode ver o ar, mas não sobrevivemos sem ele. Não sabemos porque uns se vão tão cedo e outros vivem a 100 anos. 
Também não sabemos o que há do outro lado, quando fechamos nossos olhos pela ultima vez.
Mas temos certeza da nossa humanidade, e, que errar é sempre um risco.
Também não sabemos porque as pessoas se apaixonam. Pessoas que nunca se viram antes passam a ser especiais umas pras outras.
Mesmo que seja minunciosamente estudado pela ciência, ela jamais vai conseguir decifrar a tamanha complexidade do ser humano.
Deus é o único que compreende tal mistério, e seus atributos: amor, justiça e misericórdia, percorrem toda a terra na grande aventura, que é está perto de sua criação e assim lidar com ela.
O que leva uma pessoa a mudar de profissão depois de anos fazendo a mesma coisa?
 Ou alguém mudar de país  e viver o restos dos seus dias na companhia de pessoas totalmente diferentes de suas origens?
Ou dedicar-se na descoberta da cura de uma doença e no final da vida, depois de muito esforço, percebe que ainda levará mais uma década para isso acontecer?
O ser humano é movido por sonhos...
Passamos a vida toda idealizando algo  e vivemos pra buscar tal realização, porém, o medo nos trava e resolvemos viver apenas sonhando.
A gente vai cometendo erros e nos distanciando do nosso objetivo. Pensamos mais em proporcionar a alegria e felicidade aos outros do que a nós mesmos. 
Um dia nos descobrimos .... e a gente diz: 
-Eu também quero estar alegre e feliz!
Quando resolvemos nos proporcionar algo assim, já estamos tão comprometidos com a felicidade alheia que é muito difícil fazer algo por nós mesmos...
Contrariar os outros é algo que não queremos. Não mesmo! Mas conviver com um desejo e reprimi-lo é letal. Vamos morrendo aos poucos...
Ninguém vai colocar numa lápide a palavra herói, só porque alguém, contrariando seus sonhos, dedicou-se simplesmente em fazer o outro feliz. Talvez a outra pessoa, nunca tenha conseguido perceber a dimensão desse ato.
Fazer o outro feliz só funciona quando a própria pessoa é feliz. Eu faço alguém feliz, porque eu sou feliz!
Claro que queremos ver os nossos filhos felizes, pessoas que amamos e nos sacrificamos por elas. Mas um dia os filhos crescem e vão embora...
E cada um continua convivendo com suas utopias.
Mas fazer algo por nós mesmos é necessário...então faça agora! O tempo é tão veloz...
 Ninguém viverá nossos sonhos, ninguém pode mensurar nossos sacrifícios ...
ninguém conhece o coração do homem, só Deus! Ele sabe julgar com a sua reta Justiça. Sabe amar com o seu maravilhoso amor e sabe ser infinito em misericórdia. 
O resto, Ele não vem fazer por nós...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

-- OBRIGADA PELA VISITA, DEIXE SEU COMENTÁRIO.
-- SE FOR REBLOGAR DÊ OS DEVIDOS CRÉDITOS.
-- SE GOSTOU DO BLOG SIGA-O (É SÓ ENTRAR COM A CONTA DO GMAIL)
-- SIGA O BLOG TAMBÉM NO TWITTER E NA FANPAGE.
-- AJUDE A DIVULGAR A MENSAGEM DO EVANGELHO.

UM ABRAÇO FIQUEM COM DEUS;