O campo de treinamento de Deus






O Campo de treinamento de Deus

Deus nos leva para o campo de treinamento quando Ele deseja que sejamos soldados valorosos. Se analisarmos detidamente, perceberemos que passamos muito tempo fazendo somente o que achamos ser certo, e até parece que as coisas estão de acordo com a vontade de Deus, porque tudo segue seu curso normal, mas quando o Criador nos chama para servi-lo em um propósito especifico, Ele nos direciona ao campo de treinamento para nos moldar e deixar exatamente como deseja.

O próprio Jesus foi levado ao deserto, aos 30 anos de idade (Mt 4.1-11), e assim como Ele, muitos servos e servas de Deus, encontrados na Bíblia, são exemplos de como Deus trabalha na vida de quem deseja usar. Mas, atenção! O campo de treinamento de Deus requer humilhação, entrega, renuncia, obediência e muita fé (Hb. 11:6).

Entrando no campo

Você está vivendo de forma “normal”, mas, em determinado momento, começa a perceber que as coisas estão saindo do seu controle, e, ainda que você se esforce para contornar algumas situações, percebe que está muito longe do seu alcance, então começa a lutar, mas você não obtém êxito. Ao sentir que suas forças diminuem consideravelmente, entende que não há outra alternativa que não seja deixar Deus tomar o controle.

A visão do campo não é muito favorável, pois, só conseguimos enxergar um terreno com pedregulhos, pequenos galhos ressequidos e um sol escaldante. Procuramos encontrar um abrigo que nos proteja do sol e dos animais, que sempre estão por perto e buscam nos atacar, como pequenas cobras, escorpiões. (LC. 10:19). Isso nos assusta, mas Deus está no controle!

Á noite, a temperatura cai e sentimos frio. Procuramos fazer, pelo menos, uma pequena fogueira para nos aquecer. Nesse momento a pequena chama aquece a alma. Olhamos a nossa volta, na esperança de ter alguém por perto para conversar e fazer com que o tempo passe mais rápido, porém, não encontramos ninguém.

Assim também é a vida da gente. Quando Deus começa a tomar o controle, você não determina mais nada. Então, o que era tão certo e seguro, de repente não existe mais, ao ponto de não compreendermos o que se passa conosco. Mas, dentro do coração, a fé faz brotar uma esperança, uma paz, uma luz, que ilumina as nossas noites mais escuras e assim, vencemos.

Não existe prazo específico para ficar no campo. Tudo depende de cada um, da obediência que devemos dar ao Rei dos reis, de escutar a sua voz em meio a solidão e compreender o seu propósito em nossas vidas. Quando estamos sendo treinados pelo Senhor, passamos a agir diferentemente. Nossas ações começam a nos surpreender. Desenvolvemos os dons espirituais que Deus sempre quis que tivéssemos, mas nunca havíamos percebido que seria possível.

Depois de um tempo no campo de Deus você começa a ganhar experiências, e o ambiente que antes era hostil, agora parece um lugar onde você passa a se sentir confortavel. Diante das adversidades representadas pelos pedregulhos e escorpiões você começa a ver o cuidado de Deus. Agora você não se assusta mais com as tempestades nas noites escuras, pois o Senhor o ampara nesses momentos de maior medo. Ele é o refúgio forte no dia da desventura.

Saindo do campo

Um dia você acorda e vê que existe um caminho à sua frente preparado pelo Senhor (Pv. 4:18). Esse caminho estava ali, anteriormente, mas você não vislumbrava uma direção, devido a cegueira causada pelas adversidades. Após a intervenção divina, você sente que é por este caminho que deve seguir, e a paz toma conta do seu coração. Mas, de repente, devido ao coração dúbio do ser humano, surge uma fagulha de dúvida, então, você volta o olhar para o campo e lembra como chegou até ali: fraco, com medo, sem fé e até desiludido, mas agora, você recorda os desafios que passou no campo e pensa consigo mesmo: como eu consegui vencer as cobras, os escorpiões, as feras selvagens, as tempestades, a solidão, as noites escuras, o medo, a dor, a escassez de água e alimento... uma lágrima escorre dos seus olhos e a certeza do amor de Deus invade a sua alma, então você sente com muita convicção que foi aprovado no treinamento do Soberano Criador. O campo doloroso não é mais seu lugar e você deve ir.

Ao iniciar a trajetória no caminho que foi preparado pelo Senhor, percebe que, a cada passo dado, a grama fica mais verdejante e uma brisa leve chega até você. É como se as árvores e animais do campo te cumprimentassem ao vê-lo passar. Tudo parece feito para você. Mesmo que o inimigo prepare algo para tirar sua serenidade, você não se atemoriza, segue caminhando porque nada mais tira sua paz.

Entenda. Quando sair do campo, você estará preparado para enfrentar toda e qualquer situação adversa. Sua visão espiritual terá alcançado um status de desenvolvimento tão admirável que saberá discernir, com muita graça, a voz de Deus.

Se você está no campo de treinamento de Deus, nunca mais será a mesma pessoa. Então Agradeça a Ele por está nesse lugar. Você é um escolhido!

Por Damaris Dutra

 
Damaris Dutra é criadora da revista Cristãvip


O piloto automático de Deus


       
Você já ouviu a expressão piloto automático? Creio que sim! Mas se não ouviu, vou explicar.
O piloto de avião tem esse recurso a sua disposição. Ele usa a seu critério dependendo da situação que ele julgar necessário. O avião é programado a fazer o vôo com o seu destino exato, e a expectativa é que faça isso sem nenhuma dificuldade, assim, o piloto retoma a direção quando está próximo a chegada.
Existem momentos na vida que precisamos acionar esse recurso. O problema é que não temos essa opção, mas, Deus nos leva a fazer isso pela fé. As vezes a luta é tão grande (quase insuportável), que não nos resta fazer mais nada, a não ser estar realmente na dependência de Deus. Então, é neste momento que você entrega os pontos e passa a usar a fé. Você diz: eu já fiz de tudo e nada resolveu, então você segue sem ter a mínima noção de como a situação vai se resolver. 
É nesse momento que Deus diz:  agora é a minha vez de trabalhar. Quando todos os recursos são esgotados e você já chega a admitir o fim, então Deus toma conta do vôo e te leva até o seu destino certo.
No piloto automático de Deus nada é programado, você não sabe em que direção Ele vai te levar e nem como vai fazer isso, mas se você continuar orando e confiando, Ele vai resolver da maneira e da forma que Ele achar melhor.
Porém, uma coisa é certa, andar com Deus é muito melhor. Se andarmos na direção Dele não haverá temor, porque Deus nos leva a passar por tempestades, mas também nos leva a contemplar um céu imensamente azul onde reina a paz. Pare e ouça Ele dizendo: é assim que eu quero você, em total dependência de mim.
Deus nos leva aos lugares mais altos e sublimes para nos mostrar segredos eternos que ELE só mostra àquele que está totalmente entregue ao seu comando.
Então, descobrimos que a opção do piloto automático de Deus é bem melhor pra nossas vidas. Que o Senhor abençoe você neste dia, aperte o cinto e aproveite a viagem. 




Por: Damaris Dutra

Não saia do lugar onde está dando peixe! Não saia antes que o ribeiro seque!





Não saia do lugar onde está dando peixe!
Não saia antes que o ribeiro seque!
Deus reserva o melhor lugar para cada um de nós, não saia do lugar onde Deus te colocou! Muitas pessoas em meio as crises tendem a tomarem decisões precipitadas, essas pessoas precisam observar o lugar onde estão. As vezes parece que está difícil e o lugar não é muito confortável, mas é nesse lugar tão improvável que o Senhor faz a gente pescar os melhores peixes. Deus trabalha com a sua própria lógica, e a nós cabe apenas obedecer.
Se está dando peixe fique aonde você está. Você pode pensar que não é o ideal, mas Deus está dizendo fique aí. É neste lugar que Ele ensina as melhores lições. Tomamos por exemplo o discípulo Pedro, após uma noite exaustiva de trabalho, teve que voltar para lançar a rede, provavelmente, num lugar onde ele já tinha lançado várias vezes e sem sucesso, havia voltado para a beira mar sem nenhum peixe. Mas Jesus lhe disse:

 "Vá para onde as águas são mais fundas", e a todos: "Lancem as redes para a pesca".

Lucas 5:4
As águas profundas é aonde o Espirito Santo deseja nos levar. Experiências que marcarão nossas vidas para sempre. É nas águas profundas do Espirito de Deus que vamos  nos aproximando mais do centro da vontade Dele. Nos aproximamos da sua mente santa, da sua vontade eterna.
Pedro teve o seu sustento do dia resolvido, porém, bem mais que isso, ele experimentou uma nova expectativa de vida.  

Outro exemplo incomum foi o de Elias
O Senhor disse a Elias: “Vai para o oriente e esconde-te junto do ribeiro de Querite, num lugar a leste do sítio onde ele entra no rio Jordão. Bebe da água do ribeiro e come o que os corvos te trouxerem, porque mandei que eles te alimentassem. 1 Reis 17.4
Quando você se questiona perguntando o porquê que o Senhor permitiu que algo acontecesse na sua vida que foge a sua razão.  Então Ele usa de meios inimagináveis só para lhe mostrar que Ele está no controle. Então não tente se afastar de onde você foi colocado por Deus, espere que Ele dê o sinal verde para você seguir, enquanto estiver dando peixe, é lá que você deve ficar. Enquanto o ribeiro não secar, é lá que você deve permanecer, mesmo que seja pouco convencional, não se preocupe, é Deus trabalhando.




Damaris Dutra é formada em Direito, Criadora e Diretora da Revista Cristãvip

Por; Damaris Dutra

O que é o amor?





O que é o amor?
Um abraço? Um aperto de mão?
Alguém pode me dizer o que é o amor?
O amor é doar alimento aos famintos e distribuir roupas aos pobres?
O amor é caminhar longas distancias? Superar desafios, descer montanhas?
Ou o amor é contemplar a pureza das crianças e o frescor de um jardim?
Então, como surge o amor?
Surge na atitude, na misericórdia, na compaixão?
Será que todos amam? Será que todos sabem amar?
O amor nasce grande ou pequeno?
Feio ou bonito, rico ou pobre?
O amor encontra-se em todos os lugares, em qualquer cultura, em qualquer ser humano?
Ou o amor é uma utopia...?
Será que caminha pelas ruas e bate em todas as portas? Será que o amor está nos lugares mais longínquos e nas densas florestas?
É caro ou barato? Raro ou fácil de encontrar?
O amor une ou separa? É finito ou eterno?
Alguém explica o amor!
Alguém pode explicar o amor?
O amor se expressa por gestos, sorrisos, lagrimas?
O amor consegue ser desenhado? Ilustrado? Contado? Pintado? Digitado?
Ou será que se ama em segredo, ou declarado?
Alguém pode amar mais ou amar menos?
O amor trás sofrimento ou alegria, sorriso ou choro? Dor ou prazer?
O amor é disputado ou desprezado?
Calado ou barulhento?
Nublado ou desnublado?
Parado ou ligeiro?
O amor é o que? O tempo, a vida, a morte?

 Por Damaris Dutra